Recebi um apelo contundente, de um leitor do blog, que deixou um comentário sobre o regulamento naturista, que proíbe a entrada de homens sozinhos na praia. Ele não concorda.

Antes só do que mal acompanhado

Antes só do que mal acompanhado

É muito chato sim para um homem, ser barrado, ou direcionado para um local onde só frequentam os solteiros, os desgarrados. E não existir a mesma contrapartida para mulheres sozinhas.

A turma do "bolinha"

A turma do "bolinha"

Eu mesma sou uma delas. Comecei a frequentar o naturismo sozinha, sem ter nenhuma companhia. Senti-me acolhida, respeitada e tive até um casal como padrinhos, no clube onde hoje sou sócia.

Naturismo de pai para filho

Naturismo de pai para filho

Mas sei da regra e de muito solteiro, idôneo, que fica constrangido porque se sente julgado por antecedência.

Amigos veteranos do naturismo

Amigos veteranos do naturismo

Mas a regra não quer rotular o homem sozinho de mal intencionado. É que casais e mulheres naturistas são em número menor que os homens sozinhos naturistas.

Premiando os destaques

Premiando os destaques

E neste caso quando a demanda de naturista é muito maior dos homens sozinhos, as mulheres sozinhas e acompanhadas, que hoje são a minoria, não vão se sentir à vontade para ficar no mesmo ambiente.

Isso é o que prega a regra, que naturalmente foi feita e aprovada pela maioria masculina que dirige o naturismo.

Autoridades do naturismo local e nacional

Autoridades do naturismo local e nacional

Não quer dizer que esteja errada. Mas sim, que as mulheres por serem em número menor não palpitam se é válido impedir a entrada de homens sozinhos, ou não, nas áreas naturistas.

Guardiões da filosofia naturista

Guardiões da filosofia naturista

Dito isto e sem querer polemizar, pergunto: o equilíbrio numérico, de homens e mulheres, no naturismo nos colocaria num patamar melhor, na condução da filosofia naturista no mundo?

Buscamos o ideal que é o equilibrio

Buscamos o ideal que é o equilibrio